Farol de LED é permitido? Descubra o que muda em 2021!

Muitas pessoas procuram alternativas para reduzir o gasto econômico de seus veículos. Algumas optam por não usar o ar-condicionado todos os dias, outras optam por um combustível mais acessível, e há aquelas que preferem substituir as luzes por opções que consomem menos energia.

É fato que as lâmpadas de LED (diodo emissor de luz) são mais econômicas e produzem menos calor. Além disso, elas atribuem ao veículo um visual moderno, mais interessante que aquele ofertado pelas lâmpadas halógenas. Diante disso, muitos donos de caminhões e carros mais antigos estão aderindo a troca, mas atenção! Em 2021 a legislação veta a substituição.

Exatamente! A partir de 2021 fica proibido a troca das lâmpadas halógenas – amarelas e quentes – pelas lâmpadas de led – brancas e frias –. A nova resolução divide opiniões, pois inviabiliza a customização dos veículos, prática bastante comum no Brasil. Quer saber mais sobre o que muda na legislação em 2021? Vem com a Trucão!

O que muda em relação ao LED em 2021?

 

De acordo com a Resolução 667 de 2017, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), mais precisamente o artigo 2º, fica vetada a substituição de qualquer sistema de iluminação ou sinalização por outras que não sejam originais de fábrica para o modelo do veículo em questão.

Além disso, aqueles que fizerem alterações, substituindo a iluminação halógena por LED, estão à mercê da lei. Ou seja, podem sofrer penalizações – adição de 5 pontos na carteira –, inclusive poderão ser multados, tendo, assim, que desembolsar 195,23. E não para por aí, o motorista pode ter seu veículo retido.

A previsão de aplicação da lei é para o início de 2021. Dessa forma, em janeiro – se a lei realmente entrar em vigor – qualquer caminhoneiro que adotar a troca poderá sofrer as sanções. Tal normativa não se aplica àqueles veículos que já possuem o LED de fábrica.

Porém, considerando que a qualquer momento a lei pode ser suspensa, vale a pena ficar por dentro de como fazer a troca de acordo com a normativas 292 de 2008 do Contran (Conselho Nacional de Trânsito), que são regulamentadas pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), através da portaria 28 de 2018.

Como fazer a substituição de maneira adequada

 

Em primeiro lugar, é preciso – caso a lei não entre em vigor – obter uma autorização emitida Detran, além de o veículo ter que ser submetido a uma avaliação em um instituição técnica credenciada ao Denatran, pois é necessário o laudo CSV (Certificado de Segurança Veicular), bem com incluir a alteração no documento do veículo.

Mas cuidado, é preciso sempre estar atento para não fazer as alterações com a lei em funcionamento. Por isso, consulte sempre os órgãos regulamentadores. Mesmo assim, a Trucão compromete-se a sempre manter nossos leitores atualizados.

Finalmente, em relação à parte de troca física propriamente dita, é preciso alguns cuidados. Mas antes é preciso levantar um alerta: não são todos os veículos que são adequados para a troca de lâmpadas, sejam elas auxiliares ou principais. Alguns, inclusive, precisam de adaptação para funcionar corretamente.

Uma das razões de alguns veículos não aceitarem modificações, é que o farol é um dos equipamentos que requer maior atenção quando necessário para fazer manutenção. Isso deve-se ao fato de que, na construção do veículo, o farol, assim como luzes auxiliares, foram elaboradas de acordo com os componentes próprios de fábrica.

Dessa forma, uma troca indevida, por profissionais que não compreendem o funcionamento do veículo, pode ocasionar danos na parte elétrica, resultando, por exemplo, em problemas com o painel de alerta. Caso isso ocorra, é possível a reversão por meio de um equipamento com função canceladora, pois ele ajuda o sistema a entender que existe uma nova lâmpada.

Mesmo assim, ainda existe a probabilidade de esse dispositivo não solucionar o problema. Caso isso ocorra, é indicado permanecer com as luzes halógenas.

Benefícios de optar pela luz de LED

 

Além das vantagens que nós trouxemos no decorrer do texto, existem outras que talvez você possa não saber. É claro que a maior delas é a economia de energia, já que nós buscamos cada dia mais estratégias para ter maior economia com gastos veiculares. Porém, trazemos uma série de vantagens que vão deixar ainda mais por dentro do assunto!

    1. Aperfeiçoamento das funções do veículo

      Otimiza o veículo, deixando mais energia para outras funções. Exatamente isso, ao usar uma lâmpada de LED, a energia em excesso que era direcionada para a lâmpada halógena, passa para outras funções do veículo, o que ajuda a reduzir futuros gastos.

    2. Avanço tecnológico combinado ao estilo

      Um outro excelente benefício é que as lâmpadas de LED representam um avanço tecnológico, pois combina funcionalidade, customização e estilo. Assim, é possível atribuir ao seu veículo um conceito contemporâneo e futurista.

    3. Reforçam a segurança dos passageiros

      As lâmpadas de LED são mais potentes do que as halógenas. Esse é um fator extremamente importante, tendo em vista que contribuem para uma maior segurança, já que auxiliam evitar provável acidentes por falta de luminosidade.

    4. Reduz gastos com manutenção

      O LED resiste 5 vezes mais do que as demais lâmpadas, o que demonstra mais um aspecto de economia, pois reduz gastos de manutenção. Assim, além dela possibilitar deslocar energia para outras funções, ela também te ajuda a economizar em revisões periódicas.

    5. Muito mais resistentes que outras lâmpadas

      São muito mais resistentes que as demais lâmpadas do mercado. Isso deve-se ao fato de a lâmpada de LED não esquentar e aguentar melhor ações do tempo e cotidiano da estrada. Se você parar para pensar, esse aspecto também ajuda na economia.

Contudo, vale ressaltar que, caso a normativa entre realmente em funcionamento, que o não comprimento da lei pode resultar em sanções, tanto para o veículo, quanto para o condutor. E aí, vai arriscar?

Bacana, não é mesmo? Agora que você já sabe o que está previsto para entrar em vigor em 2021 a respeito da luz de LED, vale a pena continuar lendo os nossos conteúdos para ficar por dentro de outras possíveis mudanças.

Até o próximo post!

Deixe um comentário

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Siga nossas redes sociais.