Direção defensiva para caminhoneiros: o que é e dicas!

Com certeza você conhece ao menos uma história sobre acidente de trânsito, seja você sendo o protagonista da situação ou então um conhecido seu. Não é à-toa que a segurança nas ruas, avenidas e rodovias seja um assunto tão cotidiano. O Brasil figura entre os 5 países com maior número de mortes no trânsito segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS).

Enquanto as autoridades revisam políticas públicas para promover educação no trânsito e fiscalizar o comportamento dos motoristas, cabe a nós entendermos qual é o papel do caminhoneiro nessa questão séria de saúde pública. A resposta pode ser resumida em duas palavras: direção defensiva.

Para quem já não lembra mais das aulas da auto escola, vamos relembrar o que é direção defensiva e dar dicas práticas e fáceis para garantir a sua segurança e a dos outros motoristas na estrada. Vamos lá?

O que significa direção defensiva?

Direção defensiva se refere ao modo de conduzir um veículo automotivo respeitando as leis de trânsito e prevenindo acidentes ao utilizar uma postura pacífica e de consciência pessoal e coletiva. Ou seja, o condutor defensivo não comete infrações no trânsito, evita abusos ao volante e demonstra cortesia na estrada.

Com base no Manual de Direção Defensiva do DENATRAN, a direção defensiva se trata de um conjunto de ações que permite ao condutor um planejamento seguro e eficiente para conduzir o veículo. Dessa maneira, ele protege a sua própria vida e a do próximo no trânsito.

No transporte rodoviário, sabemos que o deslocamento de cargas exige muito das capacidades físicas e emocionais dos caminhoneiros. Quando consideramos as diversas circunstâncias que se apresentam na estrada então… todo cuidado é pouco! Dentre os aspectos mais relevantes, temos as seguintes situações chamadas adversas e que se relacionam com os fundamentos da direção defensiva. São elas:

  • Luz: as condições de iluminação do trajeto podem causar ofuscamento e atrapalhar a visão do condutor para se locomover pela estrada;
  • Tempo: condições atmosféricas como chuva, granizo e neve podem prejudicar as capacidades de condução do veículo;
  • Vias: as características das ruas e estradas que formam o trajeto a ser percorrido como desníveis, curvas, tipos de pavimentação, acostamentos e etc;
  • Trânsito: o comportamento e a quantidade de veículos, pedestres e animais que circulam nas vias urbanas e rurais;
  • Veículo: estado de conservação do automóvel e a sua agilidade no seu tempo de resposta aos comandos dados pelo condutor;
  • Condutor: estado físico e mental do condutor enquanto ele conduz o veículo pela via de trânsito.

Com isso em mente, começamos a entender que a direção defensiva é uma estratégia que nos ensina a como abordar as variáveis que se acontecem no dia a dia do motorista. Apesar desses fatores serem externos ao seu controle, há técnicas fáceis de implementar e que determinam o seu caráter no volante.

Quais são os fundamentos da direção defensiva?

Existem 5 fundamentos para um condutor praticar com responsabilidade a direção defensiva. Continue a leitura e aprenda como eles podem fazer a diferença no seu cotidiano sobre rodas!

Conhecimento

Saber a fundo o Código de Trânsito Brasileiro é o primeiro passo para entender como a direção defensiva se aplica no dia a dia do caminhoneiro. Além de ficar por dentro dos tipos de infrações e penalidades previstas em lei, é preciso se manter atualizado sobre as alterações realizadas pelo órgão responsável, o Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN).

Como exemplo, temos a mudança na pontuação de multas na carteira de habilitação que dobrou o número permitido até o ano de 2020. Se você está por fora do assunto, leia o nosso post completo sobre a Lei nº 14.071/2020!

Atenção

A atenção na direção defensiva está diretamente ligada à percepção sobre os aspectos físicos e emocionais do motorista, à sinalização do percurso, à previsão do tempo para o período da jornada a ser realizada e várias outras questões.

Ao evitar distrações como conversas, uso de celular e som alto, o condutor consegue focar suas energias na direção e se manter alerta para qualquer tipo de eventualidade.

Previsão

Convenhamos, há certas situações que podem complicar a vida do motorista, mas caso ele tome certos cuidados, evitará sufocos desnecessários. O auto preparo é a carta na manga que o condutor defensivo utiliza sempre que acontece algum evento não planejado!

Ao prever complicações como pedestre atravessando em local inadequado, o condutor se prevenirá ao diminuir a velocidade quando se aproximar do perímetro urbano. Ou ainda, investir no rodízio de pneus também se configura como uma atitude que gera economia e mais segurança na estrada.

Decisão

Ao tomar decisões de maneira rápida e assertiva, o condutor estará contribuindo para uma direção que sabe lidar com os possíveis riscos de acidentes. Podemos dizer que a decisão é influenciada por vários aspectos, principalmente pela habilidade no volante, o tempo e a prática de direção.

Habilidade

Na direção defensiva, entendemos habilidade como o progresso daquilo que se aprendeu nas aulas teóricas e que se pratica cotidianamente ao pegar no volante. Está lembrado da famosa frase “o treino leva à perfeição”? Pois, esse é o princípio desse atributo, contribuindo para que as manobras sejam feitas corretamente e de forma natural em momentos que demandam uma decisão rápida como ultrapassagens, mudança brusca de velocidade e fazer curvas fechadas.

Como praticar a direção defensiva?

Agora que você compreende os principais conceitos da direção defensiva, hora de praticar! Reunimos dicas super práticas para você, caminhoneiro, realizar toda vez que partir para mais uma jornada nas vias rodoviárias do nosso país. Confira:

1) Garanta a manutenção do caminhão

Sistema de embreagens, freios de mão, filtros de ar e de combustível… e por aí vai! Ao fazer um checkup preventivo e completo do seu caminhão, você terá certeza de que ele não vai te deixar na mão quando mais precisar. Vá a uma oficina mecânica de segurança e peça para revisar todos os itens de seguritários antes de iniciar um novo transporte de carga.

2) Não ultrapasse os limites de peso

Há faixa preferencial para veículos pesados? Use-a! A lei da balança é importante para a segurança tanto dos veículos leves como dos veículos pesados. Além disso, quando o caminhoneiro insiste em circular com uma carga maior do que o permitido por eixo, ele gera prejuízos para o próprio veículo, causa buracos nos asfaltamentos das vias e se colocam em alto risco de tombamento e outros acidentes derivados dessa infração.

3) Tenha cuidado ao realizar ultrapassagens

Infelizmente, estradas duplicadas não são comuns nos estados brasileiros. Logo, a ultrapassagem é um hábito comum entre os viajantes motorizados e que, se não for feita com segurança, pode terminar em fatalidades. Com atenção redobrada, faça a ultrapassagem somente quando a pista ao lado estiver livre de carro, não tenha curvas à vista e não for faixa contínua.

Outro aspecto importante nos acidentes de ultrapassagem está no erro do cálculo da dimensão do caminhão. Na dúvida, prefira não arriscar em ultrapassagens com pouco espaço entre veículos. Lembre-se de que a direção defensiva é uma maneira de proteger vidas!

4) Prefira dirigir à luz do dia

A visibilidade da estrada durante o dia nem se compara com o período noturno, não é mesmo? Sempre que puder, dê preferência a fretes que você pode cumprir o prazo viajando durante o dia. E caso a luz do sol esteja muito forte e sensibilizando seus olhos, aposte no uso de óculos escuros e pala de proteção!

5) Conduza com cuidado extra em vias urbanas

Seu percurso irá passar por trechos dentro de cidades, prepare-se mentalmente para enfrentar o alto volume de carros, pedestres e animais que podem cruzar o seu caminho. Além disso, busque informações sobre a existência de viadutos cuja altura não seja compatível com a altura da carga atrelada ao seu caminhão. Com um bom planejamento, você evitará contratempos na sua condução de forma inteligente e segura!

Então, pronto para guiar seu caminhão de acordo com os princípios da direção defensiva? Ajustando-se às precauções que reunimos aqui, você poderá seguir tranquilo para qualquer destino. E se ficou alguma dúvida sobre o tema, fique à vontade para compartilhar conosco nos comentários!

Até o próximo post!

Deixe um comentário

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Siga nossas redes sociais.